"Carta aberta à Rede Globo em repúdio ao concurso que elegeu Nayara Justino como a nova Globeleza."




Eu, Julio César, Mulatólogo, especialista em mulatas (passistas) com profundo conhecimento em samba no pé e militante na luta para que as mulatas (passistas) das comunidades tenham seu espaço respeitado dentro do universo do samba, venho por meio desta manifestar repúdio ao concurso que elegeu à “nova Globeleza, a modelo Nayara Justino”.




"Samba no pé é uma arte que compete às sambistas das comunidades, nasce com elas, portanto, concursos de samba devem ser imputados somente a elas, não a modelos, atrizes e oportunistas que usam desta arte ligada à cultura Brasileira para se alto promover".

Elas já se infiltraram nos desfiles, agora querem jogar as passistas para fora do único pedacinho que as sobrou?

Causa-me estranheza que quando a Rede Globo quando seleciona suas bailarinas, não permite modelo, sambista e ao menos uma dançarina pode participar, sabemos que não, exige bailarina profissional.

A emissora deveria reconhecer e respeitar os direitos das sambistas, assim como, seus conhecimentos, inovações, práticas, tradições e suas formas próprias de organização social.

O Carnaval cresceu, o samba se profissionalizou, as passistas são profissionais do samba, a emissora deveria garantir seus territórios dentro e fora do carnaval, mas não é isso que vem sendo feito nos últimos anos, nem mesmo um concurso que poderia e deveria intitular uma sambista com grande conhecimento, a emissora respeita.

Concordo que o concurso é da emissora, mas o samba é patrimônio nacional, faz parte da nossa cultura e existe o meio correto de ser executado. No próprio site da Rede Globo, a busca era por uma mulata que segundo as regras teria que “Sambar como ninguém” e pelo jeito os olheiros do Fantástico não entendem de samba ou burlaram a regra descartando de uma só vez todas as grandes sambistas do Brasil, nem menos uma foi classificada entre as dez. Olheiros ou se fizeram de cegos!!!

Durante a transmissão do carnaval, pouco e mostrado o verdadeiro samba no pé que nasce no berço do samba, muito pelo contrário, aparecem somente mulheres vulgares, vestidas de sambistas, com postura vulgar e sem nenhum comprometimento com o verdadeiro samba, mas seu espaço está garantido para denegrir a imagem da verdadeira sambista, viram notícia.

É isso que é valorizar uma nação? É isso que é valorizar a arte e a cultura de um povo? Acho que está havendo algum equívoco, talvez seja à hora de mudar os profissionais ligados ao carnaval da emissora ou teremos que continuar aceitando tamanha humilhação?


É inadmissível que um país de maioria negra, conforme o último Censo divulgado pelo IBGE mantenha um programa televisivo que, usa seu poder para manipular toda uma sociedade a acreditar que uma modelo pode exercer o papel de uma sambista, isso é ridicularizar o samba em rede nacional, mostrando outras versões do samba  como samba de profissionais, pois das dez selecionadas, duas poderiam ser consideradas iniciantes e oito delas se quer tinham mínimo conhecimento em samba.

Os veículos de comunicação têm de estar comprometidos com a produção e difusão de conteúdos não discriminatórios e não estereotipados sobre os negros e negras, conforme foi destacado nas propostas prioritárias da Conferência Nacional de Comunicação (Confecom). 

Por isso, eu, Julio César, Mulatólogo reforço a necessidade de os meios de comunicação tratarem concursos ligados aos negros da mesma forma que os concurso aberto a brancos e outras raças, queremos que seja promovido quem realmente tenha competência e promova aquilo que está sendo proposto a promover. 

A impressão que a emissora está passando é que quando é com negra pode ser qualquer uma, mesmo sem o conhecimento, afinal de contas é uma negra!!! "Não queremos nada por sistema de cotas para negros"
.
 Nós negros queremos nosso espaço por méritos, pelo nosso talento, não por pena da sociedade que através da manipulação votou contra o preconceito, se quer prestaram atenção se ela sambava ou não, como se quer souberam julgar se ela era a mais bonita, votaram naquela que para eles acharam que é a mais excluída.

Desde que Valéria Valenssa saiu do posto a emissora não mostrou capacidade de substituir a mesma mesmo com muito olheiros de mulatas fazendo sucesso com seus casting de mulatas pelo Brasil, muito pelo contrário, nesta busca, vem promovendo mulheres que por não serem sambistas de verdade não conseguem cativar o público e a emissora achou que promovendo um concurso, mas driblando as verdadeiras sambistas iria conseguir.

Nayara é sim uma menina linda, mas com perfil de modelo e nada, absolutamente nada de sambista.

 Atenciosamente
Julio César –Mulatólogo

Maior olheiro de mulatas do Brasil.

0 comentários: