Monique Evans da a volta por cima e retorna a desfilar na Mocidade Independente de Padre Miguel no carnaval de 2014


Monique Evans nasceu no Rio de Janeiro e começou a carreira como modelo. Aos 18 anos e já famosa, ela passou a receber convites para a TV e chegou a posar nua para revistas.

Ela se casou aos 19 anos, mas ficou viúva dois anos depois. Monique é mãe de Armando, do casamento com o modelo Pedro Aguinaga, e Bárbara, da união com o empresário José Clark.

Despojada, apresentou programas na televisão, alguns deles com apelo erótico. Em 1985 desfilou como rainha de bateria da Mocidade de Padre Miguel, sendo a primeira famosa a ocupar o posto.


Já trabalhou na Rede TV!, SBT e na Record, nesta última emissora participou de duas edições do reality show A Fazenda.


Existem controvérsias quanto à primeira rainha de bateria. Alguns consideram que a figura das rainhas de bateria surgiu na década de 1970 quando a famosa mulata Adele Fátima , veio a frente da bateria da escola Mocidade Independente de Padre Miguel, fato inédito, até então.


Mas foi em 1985, a mesma escola de samba (GRES Mocidade Independente de Padre Miguel), do grupo especial do Rio de Janeiro, desfilou com a modelo Monique Evans frente a bateria, transformando-se em uma das grandes musas do Carnaval da década de 80 e também considerada a primeira Rainha da Bateria. "A intenção de se colocar uma rainha de bateria é de que a mesma auxilie o mestre de bateria no comando da ala de percussão, levando mais animação para os instrumentistas, puxando o samba, não deixando o ritmo cair".

As rainhas que ganharam destaques na imprensa foram Monique Evans (GRES Mocidade Independente de Padre Miguel), Luma de Oliveira (GRES Tradição), Soninha Capeta (GRES Beija-Flor de Nilópolis) e Luiz Brunet (G.R.E.S. Imperatriz Leopoldinense).


Para surpresa de todos, mesmo internada em uma clínica de reabilitação por sofrer de depressão, Monique Evans, 57, anunciou que vai voltar à Passarela do Samba. O anúncio foi feito através de uma mensagem publicada em sua conta no Instagram, já que permanece internada em uma clínica psiquiátrica. “Humildemente vai aceitar o convite da comunidade que tanto ama: Mocidade Independente de Padre Miguel. Mesmo sem sambar, sem disputar o posto da mais sarada ou da fantasia mais cara... Ela vai ganhar no quesito emoção, paixão e amor pela sua escola do coração”, diz o comunicado.



A decisão de Monique veio depois que a Mocidade Independente de Padre Miguel, sua escola de coração, lançou a campanha #voltaMonique, para voltar a contar com sua presença no desfile. Monique foi a primeira famosa a assumir o posto de rainha de bateria, desfilando pela Mocidade durante quatro carnavais, de 1984 a 1987.

"Nascia ali um dos postos mais cobiçados do carnaval moderno, e, junto com ele, o mito Monique Evans. E mesmo tendo passado por outras escolas, nada se comparou ao 'Furacão Monique' nos tempos de Mocidade", diz o texto da campanha promovida pela escola.


Mas, desta vez, Monique deve vir como madrinha, já que a rainha Ana Paula Evangelista já foi anunciada, e será coroada no próximo domingo (20).

0 comentários: