Sheron Menezes é a nova rainha de bateria da Portela em 2011



Este confirmado, Sheron Menezes será rainha de bateria da Portela no carnaval 2011. Não sei se a mesma tem samba no pé, bonita ela é, mas não posso deixar de comentar que alguns criticam seus cabelos, outros gostam e o samba que é o mais importante, ninguém fala.

Notei que estão dando oportunidade para negras novamente, primeiro veio a atriz Cris Vianna,  na Grande Rio e agora Sheron, na Portela.

Mesmo assim, acho que as mesmas deveriam desfilar como madrinhas, podendo assim,  abrir um espaço para uma rainha da comunidade.

texto: Julio César
Foto: Globo

3 comentários:

Rosana disse...

Discordo do seu comentário sobre o cabelo que a negra celebridade vem usando. Acho que um cabelo afro bem tratado realça sim a beleza da mulher negra e passa sim a idéia de glamour e exuberência. As negras americanas relamente dão um show no quesito cabelo, mas hoje o mercado cabelo afro brasileiro tem crescido, pissibitando que a negra use seu cabelo de uma maneira extremamente bonita sem necessariamente passar por um alisamento. Que pena que você como negro acha que o cabelo afro não tem seu lugar no mundo da celebridades.

28 de novembro de 2010 10:00
Mulatólogo Julio César disse...

Rosana, eu não penso que o cabelo afro não tem espaço no mercado, muito pelo contrário, como você disse quando bem tratado é maravilhoso. O que quero dizer é que uma celebridade deve ter um cabelo impecável, e isso, deve transparecer. A Taís Araujo por exemplo, na novela em que interpretou Helena estava com um cabelo afro muito bom, inclusive fez várias campanhas. Mas, até onde eu saiba, seu cabelo foi colocado para fazer a novela por imposição do autor. No seu dia a dia ela usa um cabelo que não seria usado em campanha publicitária. As negra basileiras precisam acordar.

29 de novembro de 2010 05:46
leandro disse...

Nossa ao gostei mto do seu post descordo de vc em algumas partes.
Eu acho q a mulher negra tem que si aceitar do jeito que nada de ficar alisando cabelo, tem que meter logo um black, uma permanente afro e já era fica lindo, eu amo as mulheres que si aceitam do jeito que são.

29 de janeiro de 2011 14:03