Eleição da Rainha do carnaval de SP acontece nesta sexta-feira

Dez mulheres concorrem ao posto de Rainha em SP.
São Paulo irá conhecer na noite desta sexta-feira (18) a nova corte do carnaval. O Rei Momo, a Rainha e duas princesas serão eleitos em um evento no Palácio das Convenções do Anhembi, na Zona Norte da capital paulista. Há 11 candidatos a Rei Momo e 10 ao posto de Rainha. Os critérios a serem avaliados são comunicação, elegância, simpatia, samba no pé e, no caso das mulheres, estética corporal.

As candidatas à Rainha precisam ter entre 18 e 35 anos e residir na cidade de São Paulo. Para ser eleito Rei Momo, é necessário ser brasileiro, morar na capital paulista, ter mais de 18 anos e pesar, no mínimo, 90 quilos. Todos foram indicados por escolas de samba, agremiações ligadas ao carnaval ou clubes.

A entrada do evento é gratuita e acontecerá a partir das 18h. O espaço tem capacidade para 2,5 mil pessoas sentadas. É proibida a entrada com objetos perfurantes ou cortantes, garrafas, latas, armas de fogo, fogos de artifício, bandeiras e faixas com mastro.

Beleza, simpatia e muito samba no pé. São alguns requisitos que as dez candidatas à Rainha do carnaval de São Paulo citam como fundamentais para ocupar o posto. Algumas se preparam desde o início do ano para a disputa.

A concorrente pela X-9 Paulistana, Gabriela Celine da Silva, de 23 anos, diz que ser Rainha do carnaval é um desejo de toda sambista. “É um sonho de todo mundo que nasce no samba. Eu me preparei o ano inteiro”, afirmou a jovem. A preparação da jornalista Cinthia Viana dos Anjos, de 25 anos, também começou no início do ano – ela conta com uma professora especialmente para o concurso.

Cinthia representa a Unidos do Peruche na disputa. Ela conta que faz exercícios cinco vezes por semana, durante uma hora por dia, para estar em forma para a apresentação. A candidata diz que não evita alimentos que gosta. Porém, parou de comer chocolate há cerca de seis meses e também não toma refrigerantes. Ela defende que, para ser Rainha, é preciso muito mais do que ser boa dançarina. “Uma rainha não tem que ter só samba no pé, mas inteligência.”

A dançarina Beatriz Santos da Costa, de 25 anos, é candidata pela primeira vez. Ela representa a escola de samba Águia de Ouro e afirma estar tranquila para a disputa. “Eu já queria participar desde 2007. Fui convidada pela escola em setembro e aceitei”, contou.

Do G1, em São Paulo

0 comentários: